banner temporário
Covid-19

Governo de Minas adota trabalho remoto para conter propagação do novo coronavírus

A medida passará a valer imediatamente para funcionários com mais de 60 anos

23/03/2020 13h30
Por: Redação
30
Medida passa a valer imediatamente para servidores com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas e gestantes
Medida passa a valer imediatamente para servidores com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas e gestantes

O Governo de Minas Gerais anunciou mais medidas para conter a propagação do novo coronavírus no estado. Entre as ações adotadas pelo Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do COVID-19 está o encaminhamento de servidores públicos para o teletrabalho, em caso de atividades que possam ser feitas a distância. A medida passará a valer imediatamente para funcionários com mais de 60 anos, pessoas com doenças crônicas ou gestantes/lactantes e se estenderá aos demais profissionais nas próximas semanas. 

O vereador Mateus Simões, que deve assumir a Secretaria-Geral do Governo, leu uma nota em nome do governador Romeu Zema com essa e outras ações imediatas a serem adotadas no Estado. O chefe do Executivo se ausentou do encontro por medida de segurança, uma vez que teve contato nos últimos dias com uma pessoa que testou positivo para o coronavírus. O governador fará o exame o quanto antes e ficará em isolamento voluntário, trabalhando de casa, até que saia o resultado. 

“Foi expedida deliberação que cria a possibilidade do teletrabalho. Essa medida não afetará a prestação de serviços essenciais à população. Além disso, os servidores com mais de 60 anos e com doenças crônicas terão a possibilidade de se preservarem, também trabalhando de casa”, disse por meio de nota. 

Zema também anunciou a suspensão das atividades dos equipamentos culturais do Estado. Sendo assim, os museus, a Biblioteca Pública, o Arquivo Mineiro, dentre outros, ficarão fechados. Haverá também a suspensão dos espetáculos no Palácio das Artes e na Filarmônica.

“O Estado está preparado para agir. Neste momento, nossa atuação é rápida, de forma a tentar conter o avanço do coronavírus em Minas Gerais. Temos uma situação diferente de outros estados. Não são muitos os casos confirmados aqui e não há, até o momento, transmissão comunitária”, enfatizou. 

 

Ele1 - Criar site de notícias