banner temporário
Memorial

Memorial do Esporte é aprovado e funcionará no estádio Uberabão

A proposta, de iniciativa do Executivo, foi aprovada pelos 11 vereadores presentes à sessão

20/02/2020 06h00
Por: Redação
19
Luiz Alberto Medina, presidente da Fundação de Esporte e Lazer de Uberaba (Funel) acompanhou a votação na Câmara - Foto: Câmara de Uberaba
Luiz Alberto Medina, presidente da Fundação de Esporte e Lazer de Uberaba (Funel) acompanhou a votação na Câmara - Foto: Câmara de Uberaba

A Câmara Municipal de Uberaba (CMU) aprovou o Projeto de Lei (PL) 12/2020 que cria o Memorial do Esporte.  A proposta, de iniciativa do Executivo, foi aprovada pelos 11 vereadores presentes à sessão.

O Memorial do Esporte será construído no anel superior do Uberabão, aproveitando parte da estrutura já existente. “Além de resgatarmos a história do esporte em Uberaba, como todas suas conquistas e destaques, nosso objetivo é criar um ambiente educacional atrativo para nossas crianças, além de mais um ponto turístico na cidade”, explica Luiz Alberto Medina, presidente da Fundação de Esporte e Lazer de Uberaba (Funel), responsável pelo projeto.

Segundo Medina, o projeto arquitetônico – desenvolvido em parceria com a Secretaria de Planejamento (Seplan) – está pronto. No Memorial, a história dos esportes em Uberaba será contada em décadas, por meio de uma linha do tempo. O material está em fase de seleção junto a 52 fontes, dentre clubes, atletas, times, jornalistas, famílias e personalidades esportivas. Serão confeccionados banners, quadros e adesivos com fotos, mostrando os principais acontecimentos relativos a cada período. 

A estrutura também abrigará recepção, sala audiovisual, sala de premiações, área de jogos, sala de compilação e arquivo, loja de departamento esportivo e lanchonete. Está previsto, ainda, hall de exposições destinado às mostras temporárias voltadas para o esporte e às relacionadas ao calendário comercial, bem como lançamento de uniformes de clubes, exposições e itinerantes. “O projeto do Memorial prevê, ainda, a cessão pela Funel de funcionários do seu quadro efetivo e contratado para a administração e manutenção do espaço”, finaliza Medina.

Ele1 - Criar site de notícias