Prefeitura- coronavírus
Uberaba

Prefeito determina início da obra na Avenida deputado Marcos Cherém

Segundo Piau, a prefeitura e a autarquia farão o serviço, visto a demora em procedimento licitatório

13/02/2020 15h00
Por: Redação
26
Secretário Nagib Facury (Planejamento) disse que vai alinhar alguns detalhes do planejamento da obra - Foto: Prefeitura de Uberaba
Secretário Nagib Facury (Planejamento) disse que vai alinhar alguns detalhes do planejamento da obra - Foto: Prefeitura de Uberaba

O prefeito Paulo Piau (MDB) determinou as equipes das Secretarias de Planejamento e Serviços Urbanos e Obras, bem como a Codau que iniciem a obra de combate a inundação da Avenida Deputado José Marcus Cherém. 

Segundo Piau, a prefeitura e a autarquia farão o serviço, visto a demora em procedimento licitatório. 

“Não dá mais para esperar a burocracia. Vamos fazer a obra e determinei que começasse já nos próximos dias. Inclusive já estamos em contato com o pessoal do supermercado, pois vamos ter que “rasgar” uma parte do estacionamento. De imediato, coloquei a Assistência Social e a Cohagra na busca de uma solução alternativa para aquela comunidade, enquanto a obra acontece”, afirmou o prefeito.

Em reunião ocorrida na prefeitura de Uberaba estavam presentes o presidente da Codau, Luiz Neto, secretários Antônio Oliveira (Serviços Urbanos e Obras), Nagib Facury (Planejamento), Assistência Social (Túlio Cury), Keila Riceto (Comunicação) e o presidente da Cohagra (Marcos Jammal), além do corpo técnico do Codau e Planejamento. Sob o comando do prefeito, as equipes agora já se preparam para entrar na avenida. 

“Vamos alinhar alguns detalhes do planejamento da obra, verificar o maquinário e materiais necessários. Faremos um trabalho conjunto para resolver aquela situação. O que podia ser feito de forma paliativa foi feito, mas infelizmente não atendeu nosso objetivo. E o prefeito está certo, não temos como ficar aguardando procedimentos internos. Já estamos com as equipes reunidas e vamos entrar na avenida para a obra na semana que vem”, explicou Nagib Facury.

Ele1 - Criar site de notícias